Alemanha

Durante as últimas décadas, as duas maiores igrejas da Alemanha (Igreja Católica Romana e Igreja Protestante Evangélica na Alemanha (IPEA) (em alemão "Evangelische Kirche in Deutschland") (EKD)), perderam números significativos de adeptos.

As perdas mais notáveis ocorreram nas igrejas protestantes, principalmente devido à política ateísta realizada na antiga Alemanha Oriental. No entanto, desde a queda do regime comunista, há duas décadas, a Igreja Protestante Evangélica continuou perdendo membros. Outras igrejas na Alemanha estão bastante reduzidas (menor ou igual a 0,5% da população). Como resultado da reunificação (da Alemanha Oriental e Ocidental), o número de alemães sem uma religião tem crescido, principalmente devido à adição dos estados do leste com a sua grande maioria não religiosos. Hamburgo também se juntou a este segmento da população alemã não religiosa.

Segundo o censo de 2011, os católicos romanos representam 30,8% da população, formando o maior grupo religioso; os protestantes(principalmente luteranos) formam 30,3% da população alemã. 38,8% são de outras religiões ou não informaram à que religião pertencem.

APP ADBELEM no seu Smart phone no Apple TV e Roku

Tenha todo conteúdo da Assembléia de Deus USA em seu celular e acompanhe os conteúdos exclusivos.

Inscreva-se para receber a NewsLetter

Oferte Agora